domingo, 4 de janeiro de 2009

Metamorfose

(Franz Kafka's Metamorphosis)


Vida, escolhas constantes com devidas consquências, felicidade, frustrações, alegrias, tristezas. Há um caminho pelo qual não passaremos por tudo isso? Há uma verdade unica? Não podemos marchar pelo caminho escolhido, e aguentar as consequências sem ser mal visto, o alguém problema?

Nascemos, crescemos e nos transformamos em alguém diferente do que aquele pequeno ser totalmente desprotegido que a mãe em seu primeiro contato de carinho decide em dois segundos como em um longa metragem em velocidade máxima como ele vai crecer, suas roupas, seu casamento, sua escola, sua profissão. Nos tornamos individuos grandes, com nossas convicções, nossas crenças, nossos gostos individuais, ainda desprotegidos mas diferente do pequeno ser. E sem pretensões ou premeditações pode ser agora apenas um bicho asqueroso.

Allan Jones (ilustrador)

Nenhum comentário: